Escrito por Administrator    Ter, 06 de Setembro de 2011 18:36    PDF Imprimir E-mail
Glossário 
 
ABNT: Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Acidente de Trabalho: Considera-se acidente de trabalho, para efeito deste instrumento, o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da organização, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte, a perda ou redução da capacidade para o trabalho permanente ou temporário.

Atividades-fim: São consideradas atividades-fim dos institutos de pesquisa as atividades de pesquisa & desenvolvimento (P&D) e engenharia, ensino e prestação de serviços técnicos especializados.

Benefícios: Facilidades oferecidas aos funcionários/servidores, não previstas em lei, nas quais não incide a participação financeira do funcionário.

Capacitação e treinamento: Considera-se capacitação e treinamento, para efeito desse instrumento: participação em cursos (exceto pós-graduação – especialização, mestrado, doutorado e pós-doutorado), seminários, simpósios, congressos, estágios, intercâmbios e visitas técnicas, workshop.

Clientes: Pessoas físicas, organizações (empresas, órgãos públicos, entidades empresariais) que contratam serviços de Institutos, ou desenvolvimento de produtos tecnológicos, softwares, processos ou técnicas.

Contratos para clientes do Instituto: Acordo ou convenção entre duas ou mais pessoas, para o desenvolvimento de produtos tecnológicos, softwares, processos ou técnicas ou para a prestação de serviços, sob determinadas condições.

Desenvolvimento Experimental: É o trabalho sistemático, delineado a partir do conhecimento pré-existente, obtido através da pesquisa e/ou experiência prática, e aplicado na produção de novos materiais, produtos e aparelhagens, no estabelecimento de novos processos, sistemas e serviços, e ainda no substancial aperfeiçoamento dos já produzidos ou estabelecidos.

Eficácia: Refere-se à capacidade de executar uma determinada tarefa de maneira a atingir os objetivos estabelecidos.

Eficiência: Refere-se à capacidade de executar corretamente uma determinada tarefa com o melhor aproveitamento (otimização) dos recursos disponíveis.

Ensaios e/ou análises credenciados: O credenciamento de um laboratório de ensaios é concedido por ensaio para atendimento a uma determinada norma ou a um procedimento desenvolvido pelo próprio laboratório.

Entidade Mantenedora: Organização que mantém ou sustenta regularmente as atividades desenvolvidas por outra entidade.

Estratégias: Conjunto de princípios gerais que servem de guia aos dirigentes de uma organização na tomada de decisões e que visa alcançar vantagens competitivas, ou seja, melhores formas (relativamente aos demais concorrentes) de atender aos anseios dos clientes e, assim, conquistar sua preferência.

Eventos: Considera-se evento, para efeito desse instrumento: seminários, congressos, simpósios, workshops, dias de campo e cursos.

Faturamento: Receita oriunda da venda de produtos tecnológicos e da prestação de serviços da organização que se distingue dos recursos oriundos da entidade mantenedora e dos recursos de fomento. Quando essa receita é oriunda de empresas de direito privado, trata-se de faturamento privado. Quando essa receita é oriunda de organizações do setor público, trata-se de faturamento público.
 
FNQ: Fundação Nacional da Qualidade. 

Fomento: Recursos captados de programas ofertados por entidades de apoio e fomento à C&T, a fundo perdido (sem retorno). (Ex:, PADCT, FNDCT, Fundos Setoriais, fundações estaduais de amparo á pesquisa, etc.).

Força de trabalho: É formada pelo quadro de pessoal ativo, com diferentes vínculos com a organização, tais como: funcionários/servidores, temporários (terceirizados em atividades críticas sob supervisão da instituição), bolsistas e estagiários.
Obs: Não inclui inativos e aposentados, nem pessoal terceirizado nas atividades de limpeza, vigilância, etc.

Funcionários: Pessoas com vínculo empregatício com a organização. Recursos humanos próprios.
 
GesPública: Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização.  

HH: Hora homem (horas trabalhadas).

HH Total: Total de horas trabalhadas pelas pessoas que compõem a força de trabalho da organização.

Indexação: Ato de identificar e descrever o conteúdo de um documento com termos representativos dos seus assuntos e que constituem uma linguagem de indexação. (NBR 12676).

Indicadores: São formas de representação quantificáveis das características de produtos e processos, que refletem o desempenho de uma organização. São medidas numéricas (geralmente) de desempenho relacionadas a uma meta ou a um conjunto de metas.

Inovação Tecnológica: São aqueles produtos, serviços, sistemas ou processos, novos ou melhorados, que ultrapassaram a fase de desenvolvimento, alcançando a fase de comercialização, e resultam do esforço de P&D empreendido para sua obtenção.
A inovação pode ser radical, modificando completamente as práticas técnico-científicas ou sociais; ou incremental, que apenas aperfeiçoa produtos (bens ou serviços) e processos.

ISBN: International Standard Book Number. Código numérico usado como um identificador de publicações em livros.

ISI: Institute for Scientific Information. Entidade internacional que se ocupa do acompanhamento e dos estudos relativos à produção científica mundial.

ISSN: International Standard Serial Number. Código numérico usado como um identificador de publicações periódicas.

Livro: Publicação não periódica, com um mínimo de 5 (cinco) páginas, excluídas as folhas de guarda, e que seja objeto de ISBN. (NBR 6029).

Mercado: É o meio onde os produtos da organização são comercilizados. Estão incluídos nesse ambiente empresas do setor produtivo, entidades governamentais, organizações do terceiro setor, etc.

Meta: É o valor pretendido para um indicador, a ser atingido em determinadas condições estabelecidas no planejamento, para um determinado período de tempo.

Missão: A razão de ser de uma organização, as necessidades sociais a que ela atende e seu foco fundamental de negócios (NBR ISO 14004).

Norma Técnica Publicada: É o Projeto de Norma elaborado por uma Comissão de Estudo e aprovado para publicação.
Antes da aprovação para publicação, a Comissão de Estudo discute o Projeto de Norma e o aprova por consenso, submetendo-o à análise da sociedade através do processo de consulta pública. As sugestões ou objeções técnicas apresentadas durante esse processo são analisadas e consideradas pela Comissão de Estudo.

Periódicos Internacionais: Revistas técnicas e/ou científicas e revistas especializadas, publicadas em outros idiomas que não o português, de circulação internacional.

Periódicos Nacionais: Revistas técnicas e/ou científicas e revistas especializadas, publicadas em português, de circulação nacional.

Pesquisa & Desenvolvimento (P&D): Consiste no trabalho criativo empreendido em base sistemática com vistas a aumentar o estoque de conhecimentos, incluindo o conhecimento do homem, da cultura e da sociedade, e no uso deste estoque para perscrutar novas aplicações. Três categorias podem ser distinguidas em P&D: pesquisa básica, pesquisa aplicada e desenvolvimento experimental.
Não se enquadram em P&D as atividades de educação e formação, serviços técnicos especializados, serviços de informação técnico-científicas, levantamento de dados, estudos de viabilidade técnica ou econômica, testes de padronização, licenças e patentes, e serviços de assistência técnica e resolução de problemas operacionais. Estas atividades são caracterizadas como "outras atividades científicas e tecnológicas". 

Pesquisa Aplicada: Este tipo de investigação é fruto do interesse em adquirir novos conhecimentos. Contudo, é dirigida, primordialmente em função de um fim ou objetivo prático específico.

Pesquisa Básica: É o trabalho teórico ou experimental empreendido primordialmente para a aquisição de uma nova compreensão dos fundamentos subjacentes aos fenômenos e fatos observáveis, sem ter em vista nenhum uso ou aplicação específica.

Processo: Conjunto de recursos e atividades inter-relacionadas para gerar produtos ou serviços. Os recursos podem incluir pessoal, finanças, instalações, equipamentos, métodos e técnicas, informações, reunidos numa seqüência de etapas ou ações lógicas e sistemáticas.

Produtos Tecnológicos: Diz respeito aos resultados fisicamente tangíveis produzidos pelos sistema ou processo. Assim, o termo "produto" engloba apenas bens físicos (materiais, equipamentos, protótipos, etc). Para efeito desse instrumento, não são considerados produtos tecnológicos: softwares, técnicas ou processos desenvolvidos pela organização.

Projeto: Trata-se de um instrumento que permite avaliar, justificar um programa de produção, como também de um mecanismo técnico-administrativo que permite minimizar os riscos inerentes à decisão de investir.

Proposta de Projeto: Documento com proposta para o desenvolvimento de atividade de P&D, apresentada às fontes de fomento.

Protótipos: É um modelo original representativo de alguma criação nova, do qual todos os objetos ou utensílios do mesmo tipo são representações ou cópias. É um modelo básico detentor das características essenciais do produto pretendido.
Recursos Financeiros Totais Aplicados: Inclui os diversos desembolsos efetuados pelo instituto no período de aplicação do indicador, considerando o pessoal ativo.
 
RA: Relatório de avaliação 

Recursos Financeiros Totais Captados: Inclui os recursos financeiros provenientes de faturamento, captados do organismo mantenedor, agências de fomento e oriundos de doação.
 
RG: Relatrório de Gestão
 
Serviços Técnicos Especializados: Refere-se aos serviços laboratoriais de aferição, calibração, dosagens, determinações e testes de desempenho para qualificação de produtos e processos de interesse industrial, cujas incertezas de execução já tenham sido removidas pela sistemática agregação de conhecimento, transformando-os em uma atividade de rotina de execução já padronizada, preferencialmente fundamentada em normas técnicas ou procedimentos sistematizados, passíveis, portanto, de serem reproduzidos por diferentes técnicos, em diferentes laboratórios e dentro de faixas de incerteza experimental pré-estabelecidas.

Software: É a expressão de um conjunto organizado de instruções em linguagem natural ou codificada, contida em suporte físico de qualquer natureza, de emprego necessário em máquinas automáticas de tratamento da informação, dispositivos, instrumentos ou equipamentos periféricos, baseados em técnica digital ou análoga, para fazê-los funcionar de modo e para fins determinados.

Transferência de Tecnologia: A transferência de tecnologia é uma negociação econômica e comercial que desta maneira deve atender a determinados preceitos legais e promover o progresso da empresa receptora e o desenvolvimento econômico do país. Inclui contratos de: exploração de patentes, uso de marcas, fornecimento de tecnologia (contratos que objetivam a aquisição de conhecimentos e de técnicas não amparados por direitos de propriedade industrial, destinados à produção de bens industriais e serviços) e prestação de serviços de assistência técnica e científica (contratos que estipulam as condições de obtenção de técnicas, métodos de planejamento e programação, bem como pesquisas, estudos e projetos destinados à execução ou prestação de serviços especializados.

Tecnologia: Conjunto de conhecimentos – científicos, empíricos ou intuitivos – organizados de maneira sistemática e que, sob a forma de instruções, são empregados no desenvolvimento, aperfeiçoamento, produção e comercialização de bens e serviços, ou no desenvolvimento de novos processos.

TNM: Técnico de nível médio

TNS: Técnicos de nível superior (3º grau)

TNS Especialistas: Técnicos de nível superior da força de trabalho da organização envolvidos exclusivamente em atividades técnico-científicas (atividades fim da organização).

Vínculo empregatício: Forma de vinculação dos funcionários/servidores da organização em regime de CLT (institutos privados) ou estatutários (institutos públicos).

Visão: Estado que a organização deseja atingir no futuro. A visão tem a intenção de propiciar o direcionamento dos rumos de uma organização (NBR 14004). 

Última atualização ( Seg, 16 de Janeiro de 2012 12:16 )
 

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.

Encontre-nos no Facebook
Siga o PEG no Twitter!